.comment-link {margin-left:.6em;}

15 de novembro de 2005

 

Quem foi? -Biografias pouco interessantes (II)-



Carlinhos Itaberá - "Se vc sobreviveu ao Carlinhos Itaberá. Se vc viu com seus próprios olhos o que essa criatura era capaz de fazer em campo. Seja bem vindo!!!!" Esta é a descrição da comunidade do orkut "Eu sobrevivi ao Itaberá" criada em sua homenagem. O mais irônico é que se tivesse sido um bom jogador não seria tão lembrado quanto hoje pela torcida do Fluminense.

Carlinhos Itaberá é um jogador folclórico, a torcida tricolor lhe vê como uma espécie de sinônimo para perna-de-pau. Se acham que estou exagerando, como me explicam então o fato de ainda hoje podermos escutar a torcida gritar irônicamente " I - Ta-be-rá ...." sempre que o time está em crise, mesmo que o coitado já tenha saído do clube há 13 anos? Mas, foi Carlinhos Itaberá o pior jogador que o Fluminense já teve? Essa pergunta é difícil de responder, até porque acredito que existe um certo nível de ruindade que não pode ser superado, apenas igualado, e confesso que já testemunhei jogadores alcançarem esse tenebroso nível, não só jogando pelo flu como também em outros times grandes.

Agora, porque eu acho que existe essa tal marca insuperável? Darei um exemplo: Conta meu pai que um jogador do Flamengo chamado "Paraná" uma vez foi bater o escanteio e chutou a bandeirinha do corner. É um lance grotesco, não há dúvida, mas, por outro lado Carlinhos Itaberá conseguiu bater um lateral para fora. É isso mesmo: PRA FORA! Vale a pena comparar qual das duas jogadas são mais absurdas? Não seria mais fácil e até mais justo enquadrar nesse mesmo nível qualquer jogador que cometa algo semelhante? Acho que então está explicado porque me parece desnecessário pesquisar se alguém foi pior que Itaberá.

Quero deixar claro que para mim foi uma enorme decepção encontrar tão poucos dados na web sobre esse jogador, tão poucos que pude ler todos em um único dia e recolher os escassos materiais para fazer essa breve biografia. Imaginem por exemplo que a única foto individual que encontrei foi essa que está no topo desse texto, todas as outras eram fotos junto com o time e muito mal enquadradas; procurei em todos os sites de busca que conhecia e inclusive no orkut e no E-mule, mas, nada.

Tampouco consegui obter dados como data de nascimento, cidade natal (Deve ter sido a cidade de Itaberá do interior de São Paulo), total de gols marcados durante a carreira e outros números que poderiam resultar interessantes. Ainda assim, tirando como base tudo o que li sobre ele na web, acredito que esse blog a partir de hoje será o dono das informações mais completas sobre o legendário futebolista. Espero que esse meu esforço seja reconhecido e essa página vire uma espécie de referência para todos os que , assim como eu, adoram aprofundar-se em inutilidades. Espero que disfrutem da informação que lhes passarei:

Antes de mais nada, Itaberá é uma cidade do interior de São Paulo fundada em 1891, que se encontra a 651 metros de altitude. Sua população é de aproximadamente 20 000 habitantes numa área total de 1.085, 3 km quadrados, o que resulta numa densidade demográfica de 17,58 habitantes por km quadrado. Achei que fosse interessante incluir esse dado.

Nãoi me foi possível decobrir em quais times havia jogado Itaberá antes de sua chegada às laranjeiras e muito menos o ano de sua estréia com a camisa do flu, mas, provavelmente foi por volta de 1991. Segundo um comentário na comunidade do orkut "Eu sobrevivi ao Itaberá", o tal jogador teria começado sua carreira no Paulista de Jundiaí, mas tampouco o dono desse comentário está seguro da informação. O que sim pude assegurame é que já em 1993 o jogador já não vestia a camisa do flu, pois segundo o site www.museudosesportes.com ele estaria nessa época defendendo as cores do CSA de Alagoas, e, como não, aprontando das suas por aquelas bandas também, basta ler essa matéria:

http://www.museudosesportes.com.br/noticia.php?id=15896

onde nos informam que "...o CSA foi ao ataque quase no desespero, mas foi premiado com o gol de empate marcado pelo zagueiro César. Quatro minutos depois, a defesa azulina entregou o jogo. Um erro primário de Carlinhos Itaberá foi fatal. O oportunismo de Gaguinho colocou o CRB novamente em vantagem..." Caso não tenham entrado nesse link, lhes informo que a reportagem em questão se referia à final do campeonato alagoano de 1993.

A verdade é que páginas de notícias como essa comentando a atuação de nosso folclórico lateral são muito escassas. Nenhuma outra fonte oficial registrando alguma façanha como essa do campeonato alagoano foi encontrada. Sobre sua passagem pelo flu, o documento mais divertido é, sem dúvida, os comentários de sua comunidade do orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=1559378 onde os participantes relembram lances interessantes de sua época tricolor como o lateral batido pra fora, uma suposta ponte (????) para evitar um gol do Atletico Mineiro nas Laranjeiras -teria caído de mal jeito e saído de maca -, o chute pra fora em que a bola teria saído do estádio das laranjeiras e alcançado o "bar do tênis", o pênalty perdido contra o Picos - A torcida do flu havia pedido pra ele bater porque o jogo estava ganho - e aquele que pode ter sido seu único gol pelo flu: Contra o Botafogo uma tabelinha como Bobô culminando com um toquezinho "com estilo" na saída do goleiro - O Botafogo virou o jogo depois -.

Falando em gols, isso sim foi muito difícil encontrar na minha pesquisa. Fora esse gol no Botafogo, encontrei na página da gazeta esportiva uma referência a um gol contra (não podia faltar) na época em que jogava pela Portuguesa Londrinense em 2000 , e o mais legal foi o que encontrei nessa página:

http://an.uol.com.br/2002/mar/04/0esp.htm

Onde relatam: "...Entretanto, numa nova cobrança de falta, Carlinhos Itaberá empatou a partida,aos 25 minutos. As duas equipes se mantiveram firmes em busca da vitória, ..."

Dá-lhe Itaberá!A matéria se refere ao campeonato paranaense de 2002 (Ele ainda jogava bola!!!) quando jogava pela poderosa esquadra do Chapecoense.
Falando em poderosas esquadras, que talo dar uma olhadinha pelas equipes que tiveram a ousadia de contratá-lo? São elas:

Paulista de Jundiaí (não confirmado)
Fluminense (Ai, meu cristo!)
CSA (De volta à realidade)
Paysandu (Um ninho de craques)
Anapolina (Ê timão)
Portuguesa Londrinense (Só tem fera)
Chapecoense (Os Galácticos)

Querem ver outro fato curioso e engraçado sobre a vida desse sujeito além das esquadras defendidas por ele? O nome de seus companheiros de equipe e jogadores adversários de times de várzea. Reuni os melhores, vamos lá:

Escalação dos craques:

Catatau
Gaguinho
Catanha
Waldemar Carabina
Josenilton
Paulinho boca de piranha
Mário Bocão
Clésio
Grizzo
Volmir Massaroca
Luiz Sabiá

Mas afinal, que fim levou Carlinhos Itaberá? O último registro que encontrei não é uma fonte oficial, foi na comunidade do orkut já citada onde comentam uma suposta entrevista realizada pela revista Placar onde ele afirma que deve tudo que tem na vida ao Fluminense e vive hoje na cidade de Itaberá onde abriu um mini mercado.
Há duas coisinhas interessantes sobre essas supostas palavras de Itaberá. Primeiro é o fato dele agradecer ao Fluminense tudo o que tem na vida, ainda que até hoje tá pra existir tricolor que não lhe considere o maior perna-de-pau de todos os tempos. Sobre se Carlinhos Itaberá é tão ingênuo a ponto de não perceber a ironia nos gritos provocadores de "I-TA-BE-RÁ" proferidos pela torcida tricolor, trancrevo as palavras de Paschoal Savastano nessa página

http://www.ojornal-al.com.br/14052005/opina04.htm


"....Não sei como agradecer a essa grandiosa torcida” afirmou o zagueiro lateral Carlinhos Itaberá, após um jogo do Fluminense. A torcida tricolor irritada com as falhas do atleta, resolveu gritar seu nome, num alarido coletivo e uníssono, nas arquibancadas do estádio do Maracanã. A ingenuidade do referido jogador não permitiu distinguir a revolta da torcida, exposta no imenso protesto. Recebeu a impiedosa manifestação crítica com uma inocente ilusão de aplausos...."

Assim que é absolutamente provável que Carlinhos Itaberá até hoje acredite dever algo ao Fluminense. Agora, sobre essa história de ter aberto um mini mercado em Itaberá, tenho que ressaltar que só posso acreditar se especificarem melhor quão mini é esse mercado. Eu sei, hoje qualquer perna de pau ganha uma boa graninha, mas, Carlinhos Itaberá não era um qualquer perna de pau, ele era O PERNA DE PAU, e mais uma vez para provar que não estou exagerando sobre o fato de que esse sujeito dificilmente pode ter ganhado algum dinheiro com o futebol, transcrevo na íntegra uma interessante matéria desse site:

http://zaz.com.br/esportes/2001/05/01/013.htm


Florianópolis - A Chapecoense, rebaixada para a Segunda Divisão, corre o risco de não terminar o Catarinense. Indignados com os salários atrasados desde fevereiro, os jogadores tiveram na segunda-feira uma reunião com o presidente Luiz Alberto Crispim e decidiram não jogar contra o Figueirense e rescindir os contratos. A decisão somente será revista com o pagamento das folhas de abril, março e metade de fevereiro. Crispim distribuiu na segunda os últimos R$ 2,3 mil da patrocinadora, que rendeu apenas R$ 100 a cada atleta.

Sem entrar num consenso, a Chapecoense começou a se desintegrar. O zagueiro e capitão Clésio não agüenta mais: “Envelheci dois anos nestes últimos seis meses”. Ele afirma que tem em torno de R$ 5 a R$ 6 mil para receber e só não tinha ido embora ainda pois conseguiu dinheiro com sua sogra e o empresário José Paraíba Telles para pagar contas de luz, colégio e alimentação para sua família.

O jogador Serginho perdeu celular e não conseguiu pagar os R$ 2 mil do parto de seu filho Luca, que nasceu há 15 dias em Caxias. Serginho disse que conseguiu se sustentar nestes dias com o que sobrou de seu contrato com o Juventude. O volante Carlinhos Itaberá promete ir à Justiça. Ele e Roberto pertenciam ao grupo de nove jogadores que moravam e uma casa alugada. Suas refeições eram a base de arroz, feijão, massa e sanduíche de mortadela.

Outros cinco atletas que moravam em hotel já haviam sido despejados. O funcionário José de Lima teve que vender o freezer para poder comprar comida e pagar as contas de água e de luz. Neste ano ele recebeu apenas o salário de janeiro e um vale de R$ 150.
O presidente Luiz Alberto Crispim afirmou que vai tentar conseguir dinheiro. Uma das opções seria o empréstimo de Robson Mezalira para o Criciúma ou Figueirense. Crispim afirmou ainda que a Chapecoense joga com o Figueirense nem que seja com os juniores.


Leram bem? Pra quem teve preguiça de ler, eu informo o ponto mais tocante: Carlinhos Itaberá morando em uma casa alugada junto com mais nove jogadores e comendo pão com mortadela. Assim que o tal mini mercado, caso exista, deve ser muito, mas, muito mini. De qualquer forma estaria grato se alguém pudesse confirmar a veracidade dessa história e me passar o endereço do mercado. Eu prometo que quando vá ao Brasil vou visitar.

Para finalizar, eu queria aportar só mais um dado interessante. Posso estar equivocado, pois, como já disse os dados sobre o lateral/zagueiro Carlinhos Itaberá que tive acesso eram escassos. Mas, acredito que Carlinhos Itaberá Nunca foi campeão de nada. Ou pelo menos não há registro de nenhum título - Estou ignorando a Taça Guanabara de 1991 conquistada quando jogava pelo Fluminense.-
Façamos um breve análise:

Jogando pelo flu, o mais longe que chegou foi vice campeão carioca de 1991 e vice da copa do brasil de 1992

Jogando pelo CSA foi vice campeão alagoano (Contribuindo para o gol do CRB com uma falha grotesca em plena final)

Jogando pelo Paysandu sua maior glória foi participar junto com Paulinho Boca de Piranha (isso mesmo que você leu) e Mário Bocão da equipe que acabou com o jejum de 4 anos sem ganhar do poderosíssimo Remo. Transcrevo aqui a devoção de um torcedor do Paysandu ao relembrar esses gloriosos anos do papão de Belém nessa página web:

http://www.junnpapao.siteonline.com.br/interna.jsp?lnk=30313


"....Esse foi o time do Parazão de 1997, que mesmo não sendo Campeão do ano, ta na memória da Fanática torcida Bicolor, pois após um período de 4 anos e meio sem ganhar do maior rival, ao comando do Baiano Nad, quebraram o Tabu que tanto incomodava a Fiel torcida:
Claudecir, Carlinhos Itaberá, Edinho, Rangel e Paulinho Boca de Piranha; Mario Bocão, Alexandre, Julinho e Luis Carlos Trindade; Vital e Vagner (tecnico: Nad) ..."

Jogando pelo Anapolina e Portuguesa Londrinense tampouco há registro de títulos.

Jogando pelo Chapecoense, pasmem: Foi rebaixado para a segunda divisão do disputadíssimo campeonato paranaense!

Assim é que se analisamos essa curiosa trajetória futebolística, deixamos de nos escandalizar com o fato de este jogador acredita ter passado seus melhores anos pelo Fluminense. Bom seria que fazendo essa cômica análise sobre um jogador que jamais teve nível técnico para jogar em um clube grande servisse de exemplo para que a diretoria do Fluminense não nos fizesse mais esse tipo de piada, mas, não serve -vide Vanin, Barata, McLAren, Toninho e tantos outros Itaberás que já acolhemos nas Laranjeiras-

Queria também pedir desculpas se essa matéria pode ter resultado ofensivo para algum familiar, conhecido ou até mesmo para o próprio jogador. Minha intenção aqui é apenas satirizar mais um dos inúmeros personagens folclóricos do futebol brasileiro. Caso ele algum dia leia essas linhas (Como eu queria que ele lesse) queria dizer-te que:

Poderia ser qualquer um, mas resolvi pegar no seu pé. Saudações tricolores

***

Ler todas as outras biografias

Comments:
Thiaaaago, que texto grande!
Mas até interessante, fiquei sabendo tudo o que era possivel sobre alguém que eu nem sabia que existia até entrar no seu blog!
Sendo a primeira leitora do seu blog, como eu fui, um dia eu tinha que deixar um comentário né, nem que fosse para te lembrar desse fato :T

Beeeeijo =***
 
HUAHuhuUAHuha
 
eu moro em itabera e osso dizer q o carlinhos naum tem mais esse mine mercado..hj em dia ele treina o time da cidade e ele disputa campeonato para o time d veteranos da cidade...
 
parabéns pela pesquisa!
essa figura lendária do flutebol tricolor merecia...rs
 
Chapecoense joga o Catarinense e não o Paranaense. Sei que piorei a situação do GRANDE Itaberá, mas só pra corrigir! hehehe
 
Dudu:
Valeu pela informação. Dei mole mesmo.
Saudações tricolores.
 
eu assisti este desastre jogando pela chapecoense,eu morava la em 2002...terrrrivellll...e po azar ele mora na cidade da ,imha namorada...itabera...
 
nossa foi o maior texto sobre futebol que eu li na minha vida!
mas valeu! tadinho dele =(
amanha vejo a entrevista =)
bj
por onde vc anda?

lorena
 
grande Carlinhos Itaberá
jogou aqui na minha cidade sim Chapecó, num dos piores momentos
da história da Chapecoense
mas que nada, são momentos!
 
tah errado ali,
a chapecoense disputa campeonato catarinense e não paranaense você poderia arruma ali.
 
parabens! existe um comentario na coluna do saudoso bussunda no jornal O DIA que explicava o fultebol de itaberá
 
Olá! Sou de Itaberá, e nunca soube deste tal mini mercado.
Sei que o Carlinhos treina do time da cidade (acho que é o da gurizada) e joga pelo veterano.
Qum escreveu este desde deve entender muito de futebol ou não tem nada pra fazer, pois prá escrever um texto deste tamanho!!!
Queria esclarecer, que o Chapecoense joga o Catarinense e não Paranaense, Chapecó é uma cidade localizada no Estado de Santa Catarina, e Itaberá realmente é uma cidade localizada no interior do Estado de São Paulo, e acho que você deveria conhecer, pois é uma cidade ótima pra se viver. Viva Itaberá!!!! (cidade que faz amigos)
 
Incrivelmente, depois daquela ponte contra o Atlético-MG que resultou numa defessa do goleiro Jefferson, ele saía de campo aclamado pela torcida com os gritos de 'I-TA-BE-RÁ', ele se virou para as sociais das Laranjeiras, tirou a camisa e tacou para torcida, mas todos abriram pra não pegar a acmisa e ela caiu no colo do meu pai, sim, eu tenho a camisa do Itaberá, e ela até hoje dá azar só de mexer nela...
 
ESSE PESSOAL TA METENDO SO O PAL NO CARLINHOS ITABERA MAIS CARA O ITABERA FEZ MUITOS GOLS DE FALTA PELO CSA E AQUI EM MACEIO A MASSA AZULINA GOSTA DELE E NAO FALEM DO AZULAO NAO PORQUE O CSA TEM HISTORIA CARA FOI TRES VESES VICES DA TAÇA DE PRATA QUE HOJE E A SERIE B JA FOI VICE DA COMEBOL E TEM 37 TITULOS AQUI EM ALAGOAS RESPETEM CARA
 
http://markonzo.edu http://aviary.com/artists/Prilosec-prilos http://blog.bakililar.az/adjustablebeds/ http://aviary.com/artists/biofreezelo http://www.dezinedepot.com/user/42362 albanians http://support.leadtools.com/CS/user/Profile.aspx?UserID=28546 http://www.piedmont.edu/idt/wiki/index.php?title=User:Delta_Faucets http://www.allamericanrejects.com/profiles/blogs/ashley-furniture-store-ashley horseshoe bootsand
 
TODOS OS COMENTARIOS QUE VCS FAZEM E DE CIUMES... ALGUEM DE VCS JOGARAO NO MARACANA COM MAIS DE 80,000 MIL PESSOAS..... IDIOTAS!!!!!!!
 
foram camnpeao da taça guanabara?bando de frustados.....
 
Tem que ter mais respeito com as pessoas, Joguei com o Carlinhos Itabera, lateral e volante começou no DERAC de itapetininga depois foi para o Botafogo de Ribeirao Preto e fluminense, atleta raçudo de boa pegada, ninguem chega ao FLUMINENSE a toa, meritos teve, agora contetar a Hipocritas que nao tem o que fazer e sim falar mal de Pai de familia é brincadeira, ITABERA nao esquenta nao quem escreveu esse monte de asneiras nao tem o que fazer, e no minimo é um jogador de varzea frustrado. do seu amigo Carlos Magno.
 
Vcs estao criticando o Carlinhos, mas ele foi um grande jogador e jogou pelo fluminense (fazia cruzamentos certeiros pra fazer Èzio artilheiro) e sempre honrou a camisa tricolor. Precisa ter mais respeito com as pessoas, com o ser humano! Valeu Carlinhos! grande abraço!
 
esse cara que ta defedendo o carlinhos itabera me lemblo dele , acho que ele esta certo jogava muita bola na lateral , junto com o itabera pena que todas elas eram contra seu proprio gol rsrsrsrsrsrsrrs
 
Meu primeiro jogo que vi com Carlinhos Itaberá foi contra o bragantino e ele arrasou nas Laranjeiras e foi aplaudido de pé pela torcida do Flusão. I Ta BE Rá SE LE ÇÃO.
 
1000 facebook likes
buy facebook likes

http://www.helloandroid.com/content/sony-ericssons-xperia-arc http://www.webvertization.com/?guid=20090610055053
get facebook likes buy facebook likes get facebook likes
today a friend downloaded a .txt file on my computer and i later looked at it and it said it was about 8.4mb... which is incredibly large for a text file. i did put it into microsoft word and it said there was about 30,000 pages and roughly 1million words if that helps... but i just don't know if there could somehow be a keylogger or virus hidden in that .txt file seeing it was so large.. i use firefox, and when to the downloads window and right clicked the original download, but it did not allow me to open the file or open the containing folder... i deleted it off of the downloads window i did a full virus scan on my computer and nothing came up- i also tried to do a system restore but it told me my anti virus program was preventing it from working. i disabled my anti-virus program and tried it again but system restore still didn't work. i use norton anti-virus. long story short, from the information provided, i would like to know if i could possibly have a keylogger on my computer, how to detect it and how to remove it. thank you very much.

get facebook likes buy facebook likes [url=http://1000fbfans.info]1000 facebook likes [/url] 1000 facebook likes
 
o carlinho itaberá sempre será lembrado, eu conheço pessoalmente, moro na mesma cidade, mais ele é um kra gnt boa.

morador de itaberá
 
SOU O DECO ITABERA PRIMO DE CARLINHOS ITABERA COM MUITO ORGULHO JOGUEI COM CARLINHOS COPA ITARARE QUANDO VINHA DE FERIAS DO RIO DE JANEIRO FOI MUITO BOM POIS ELE SEMPRE DIZIA LATERAL TEM QUE DESÇER E CRUZAR NA CABEÇA DO CENTROAVANTE. APRENDI MUITO COM ELE . UM ABRAÇO DO PRIMO DECO FELIZ ANO NOVO
 
Quem disse que o Carlinhos Itaberá nunca foi campeão ta enganado. Ele foi campeão em 94 pelo CSA e jogou muito. Ele foi muito querido pela torcida do Azulão. Eu acho uma hipocrisia uma pessoa fazer esses tipos de comentarios com um cara como o Itaberá!Vai arrumar um lavar de roupa!!!
 
Joguei com esse cara um campeonato de veteranos em riversul, e vou te dize é um cavalo vestido com sela, quebrou o nariz do jogador meia esquerda bom de bola do nosso time, esse carlinhos itaberá é cabeça de bagre mesmo, jogadorzinho de quinta.
 
esse cara é cabeça de bagre mesmo não joga nada é um cavalo de chuteiras,mal eleemento e mal carater hj tá quebrando perna de veterno no interior de são paulo na região de itararé - itaberá - itapeva. parabens pelo teu comentário vc falou a verdade desse cavalo ele tem q puxar carroça.
 
em 2010 desputemos um campeonato de veteranos promovido pela Prefeitura de Riversul, onde nosso time aqui de Jaguariaiva-Paraná,jogou contra o veterano de Itaberá e esse carlinhos Itaberá quebrou o nariz do nosso camisa 10 ele fez isso porque não viu a bola. Ele é cabeça de bagre eu não sei como esse cara foi profissional isso que é uma aborto da natureza tá loco ele é muito mas muito ruimmmm tá loco.
 
O UNICO TIME Q O CARLINHOS ITABERÁ FARIA O NOME SERIA NO TIME DO IBIS-PE, CONSIDERADO O PIOR TIME DO BRASIL LÁ TALVEZ ELE FOSSE RESERVA DO RESERVA PORQ O CARA PEDIU PRA SER RUIM E ENTROU NA FILA 1000 VEZES. PARABENS POR TEREM FEITO ESSA MATÉRIA VCS SÃO FODAS MEUS AMIGOS.PARABENS E FELICIDADES.
 
CARLINHOS ITABERÁ, GRANDE JOGADOR, GRANDE HOMEM E GRANDE AMIGO. AOS QUE FALAM MAL......MORRAM DE INVEJA DE NÃO PODER TER SIDO O QUE ELE FOI.
MANO - ITAPETININGA - SP

 
Postar um comentário



<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

eXTReMe Tracker