.comment-link {margin-left:.6em;}

30 de novembro de 2006

 

O Rio de Janeiro continua lindo

- Em toda minha vida devo ter subido em 17 aviões, se não me falha a memória. E o mais impressionante nisso é que:

* Nunca vi uma aeromoça simpática
* Nunca vi uma aeromoça bonita
* Nunca entrei na cabine do piloto
* Apesar de ter assistido 17 vezes o vídeo de instruções de segurança, aposto que não saberia encontrar o colete salva-vidas num momento de emergência, e se encontrasse, não saberia vesti-lo. O mesmo para as máscaras de oxigênio que desprendem do teto em caso de despressurização. Aliás, nem sei o que é despressurização.

- Próximo atentado da Al Qaeda usarão um terrorista de fenótipo não-árabe. Pode ser um radical descendente de europeus, ou até mesmo um estrangeiro simpatizante da causa. Árabe já á manjado demais demais, é só entrar no avião que já fica todo mundo olhando.

- Essa viagem foi a primeira vez que subi num avião desde que cheguei à conclusão de que sou ateu. Não recomendo. Sensação horrível não ter nem pra quem rezar numa hora dessas.

- Desde que saí de Ibiza, já subi em três aviões e três ônibus de viagem. Sempre sozinho, e sempre evitando qualquer contato com o passageiro ao meu lado. Se com a facilidade que a internet oferece para encontrar pessoas que correspondam ao nosso perfil social e cultural ainda resulta difícil encontrar pessoas interessantes, quem dirá um estranho que se sentou ao seu lado no avião ou ônibus cuja única afinidade garantida é que vocês estão indo viajar para o mesmo lugar, ou nem isso, já que, por exemplo, tanto no vôo Ibiza/Barcelona quanto no vôo Barcelona/Lisboa, eu era o único tripulante que estava indo pro Brasil. Sei disso porque quando aterrisava iam todos pro corredor de recolhimento de bagagens, só eu ia pro corredor das conexões.

- Já rolou o primeiro encontro com um leitor do Cara de Milho. Foi o Marcos Damag. Gente finíssima, pena que vivo numa cidade em que não posso levar minha câmera fotográfica pra qualquer canto, ainda mais se vou de ônibus, então não rolou foto. Falando em não pdoer levar máquina pra qualquer canto da cidade, fui assaltado no meu terceiro dia no Rio. Eu e uma amiga. Nem Cristo redentor, nem garotas de Ipanema, cartão postal do Rio são os assaltantes e ponto final. Perdeu, playboy!

- A culpa não é da desvalorização do Euro, nem de eu ter gastado mais do que esperava. Simplesmente eu esperava que só ia encontrar com uns três ou quatro leitores, daí eu podia presentear camisas do Cara de Milho sem doer no bolso, não ia gastar mais do que 50 reais. O problema é que vou encontrar uns 30 leitores nessa viagem, que se consideramos um custo de 10 reais por camisa (má qualidade) gera um débito de 300 mangos. Enquanto for garçon, não posso me dar esse luxo. Já sabem, não vai rolar camisa do blog, infelizmente. Talvez quando esse blog for lido por mais pessoas e eu puder vender camisas do Cara de Milho, eu já incluo um extra no preço pros novos leitores pagarem pelas que vou presentear a vocês. Pode deixar que tenho o nome de geral anotado.

- Quando eu era pequeno estava jogando adedanha com um amigo meu. Um dos campos a serem preenchidos era o de nome de marcas de produtos em geral. A letra era "R". Eu poderia colocar "Rica" (marca de frango congelado) "Redley" (marca de roupa) ", e muitos outros. Mas, eu coloquei "Relógio" que é a marca de uma margarina que pouquíssima gente conhece. Isso mesmo, Margarinas Relógio. Eu sabia que ia dar merda porque pouca gente conhecia essa margarina, eu mesmo só tinha visto uma vez na mesa de café da manhã na casa da minha madrinha. Rolou aquele quebra-pau e eu tive que me resignar a perder meus pontos na adedanha e aceitar que não existe margarina de marca Relógio (Eita nome imbecil pra uma margarina). Com o passar dos anos minha aceitação foi tão grande que cheguei a acreditar mesmo que tal margarina não existisse, pensei que era um delírio, memória falsa, sonho, qualquer coisa.
Até que muitos anos depois fui à casa de meu avô, que vivia na mesma cidade da minha madrinha e lá estava a margarina Relógio na mesa outra vez. Descobri que era uma margarina local, só deveriam vender naquela cidade (Angra dos Reis) e até hoje penso em levar meu amigo que jogava adedanha comigo naquele dia e esfregar o pote de margarina Relógio na cara dele. Antes tarde do que nunca.
Eu sei, esse texto não tem nada a ver sobre o que estava falando, mas, achei legal colocar.

- Amanhã terminarei minha estadia no Rio de Janeiro e embarco pra Itaberá em busca de meu ídolo Carlinhos Itaberá. Já expliquei que acho muito dificil o sujeito me receber ou até mesmo aceitar uma entrevista, mas, custa nada tentar.

- To me dedicando mais do que nada a curtir minhas férias, por isso a ausência por todos esses dias. Mas, saibam que não esqueci vocês. De momento não responderei os comentários, mas garanto que leio todos.

- Para o Rio de Janeiro:
O Arpoador é lindo, Copacabana é um bairro com cheiro de coxinha com catupiry por todos lados, a Lagoa é linda, a Lapa fede a mijo em qualquer canto que você vá, O aterro do Famengo é bacana, qualquer rua dessa cidade é uma mendigada só. Nenhuma metrópole do mundo deve juntar tanta beleza natural e tanta variedade cultural como o Rio. Nenhum cidade turística do mundo deve ter tantas cenas de guerra no dia-a-dia., a não ser que consideremos Bagdá como cidade turística.
Enfim, havia um enorme medo de eu voltar a me apaixonar por essa terra e num momento de insanidade abrir mão de tudo que demorei mai do que três anos pra construir na Espanha. Esse medo não existe mais. Foi bom, mas só o suficiente pra gerar lembranças bacaanas. Voltar pra cá está fora de cogitação atualmente. Sinto muito, Rio eu não te amo.

- O Lobão tem uma música muito legal chamada "Samba da Caixa-Preta". Nunca tinha entendido o porquê desse nome, já que a música nem sequer é um samba. Uma vez fui a um show dele e ele explicou que fez essa música na época da campanha pras olimpíadas no Rio em 2004. O título era uma sacanagem com a música "Samba do avião", famosa ode de Tom Jobim ao Rio de Janeiro. Segundo Lobão, o avião de Tom Jobim já tinha caído há muito tempo, só tinha sobrado a caixa preta, daí o nome de sua musica. A letra vocês podem conferir aqui. Recomendo. Tudo a ver com meu momento.

Comments:
Eu até acharia engraçado o fato de você ter sido assaltado no 3° dia no rio, porém eu tenho é vergonha desse país, mesmo assim, perdeu boy!
[]'s
 
Hum, assaltado no Rio? Isto não é notícia hihihi...

FALTAM SÓ 9 DIAS PRO HOPI, EEEEEEE!!!

Curta bastante suas férias e até mais :)
 
Pois é... ser assaltado no Rio não é novidade... ou é? Ora! Pra vc sim, afinal de contas não mora mais aqui!kkkkkkkkkkkkkk
Brincadeiras a parte, lamentável, amigo!
PS.: A inserção(hiiiii, será que tá certo????) do texto da Margarina Relógio ficou altamente surrealista, cara, tu é gênio!
Abração
Angelo Pessoa
diretamente de Cordeiro....interior do Rio de Janeiro... onde não há tantos assaltos como na capital!Fui!
Boa viagem! Se pudesse ia nesse bonde!
 
Huhuhu foi assaltado no Rio? Huhu só me lembrei dum filme aí, "Turista" (EUA). Esculhamba o Rio etc. e tal. Procura no YouTube que cê vai entender o que eu tô falando aqui.
 
Liliane Então migo entendo sua imensa tristeza com o Rio e digo q vc q lamento tanto quanto vc..
ainda mas quando lembro em todas as horas em q estavmos rocurando uma coca cola de 2 litros na praça seca e alem de não encontrarmos,aff..vc se deparava com um monte de bolinhos horrendos kkkkk mas digo q sentirei sua falta ainda q seja mesmo morando aki e lhe vendo uma vez pro ano ,ainda sim sentirei sua falta,
mas digo lhe q vc tronou-se o "Cara" pois com um poko conseguei realizar alguns de seus sonhos e tornou-se uma homem ainda melhor e q nunka mas seja assaltado ainda mas com essa tal expressão perdeu playboy!!..aff..
MIGo tudo de bom rpa vc..
kkkkkkkkkkkkkkk
 
Rapá,

quero dizer que foi legal te conhecer, adorei o papo, adorei o forró, adorei suas histórias, sua experiência de vida longe do nosso Brasil varonil, enfim, vc é uma pessoa muito especial, valeu mesmo!
Fiquei devendo o encontro lá em Copa e meu Cd, mas infelizmente não deu prá aparecer mesmo...depois me passa teu enderêço que eu mando o CD prá Ibiza!
Abraços, divirta-se, curta bastante sua viagem, voce é ateu mas eu não sou , então, fica com Deus!
PS> A entrevista com o Itaberá tá show de bola, ainda não terminei de ver, mas to adorando!
Parabéns!
 
Postar um comentário



<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

eXTReMe Tracker